O Proerd e a Polícia Militar de Areiópolis não poderia deixar de destacar esta data tão importante, 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituída através da Lei Federal 9.970/2000.

Esta data remete ao “Caso Araceli”, ocorrido em 1973, em que uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo.

O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual ocorre quando se paga para ter relações sexuais com pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor.

Esse tipo de violência envolve, em muitos casos, parentes próximos e até mesmo os próprios genitores, o que torna ainda mais difícil a ação dos órgãos policiais. Há muitos anos os órgãos públicos de nosso Estado, das áreas de segurança e saúde pública, vêm se organizando em redes de enfrentamento contra a violência infantil. Compartilham dados e combatem de forma conjunta, repressiva e preventivamente, as ações criminosas contra nossa juventude.

Vale ressaltar a importância da divulgação do Disque 100, número nacional do Disque Denúncia contra a violência sexual de criança e adolescente, e do Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) pelo telefone de Emergência 190, que também recebe denúncias sobre o tema. Em ambos os casos, sua denúncia será realizada de forma anônima.

O apoio e a participação comunitária em denunciar são as principais armas dos órgãos policiais contra esses crimes gravíssimos, preservando a saúde e garantindo o futuro de nossas crianças.

#todoscontraviolenciainfantil

Proerd e Polícia Militar de Areiópolis
Ajudando a construir um futuro melhor para nossa comunidade.

Últimas Notícias : Pages : FM Integração