NOVIDADE - Marina Silva vai conhecer projeto de usina solar em Lençóis Paulista - Foto: Divulgação
Marina Silva, porta-voz do Rede Sustentabilidade e provável candidata do partido à presidência no ano que vem, confirmou presença no desfile cívico em comemoração aos 159 anos de Lençóis Paulista e agendou outros compromissos durante sua passagem pela cidade. A informação foi confirmada pela assessoria do partido e também por Anderson Prado de Lima, que é o único prefeito da legenda no estado de São Paulo.
Na agenda da presidenciável estão, além do desfile cívico, uma coletiva de imprensa e uma visita à recém-inaugurada empresa Fibraresist, que produz pasta celulósica a partir da palha da cana-de-açúcar. A reportagem apurou ainda que entre os compromissos assumidos por Marina Silva está o pré-lançamento de um sistema de geração de energia solar fotovoltaico que está sendo desenvolvido pela empresa MA Coneglian.
Segundo o empresário Miguel Coneglian, modelo é pioneiro no estado de São Paulo. A usina solar, que entrará em operação ainda este ano, terá capacidade inicial para atender cerca de 2,5 mil residências ou estabelecimentos, mas em uma próxima etapa - ainda sem prazo definido - o sistema deve ser ampliado para até 15 mil residências. O sistema deverá ser desenvolvido em área do aterro sanitário, próximo à usina de reciclagem.
“Em outros países de primeiro mundo essa energia já é utilizada em ampla escala, apesar da incidência de luz solar ser inferior a do Brasil. Em termos gerais estamos perdendo tempo em não investir nisso”, explica o empresário. “O modelo de geração compartilhada é o quarto no Brasil e é pioneiro no estado de São Paulo. Existem outras usinas, mas atendem o autoconsumo remoto. Por exemplo, na universidade de Lins, existe uma usina fotovoltaica, mas é exclusiva para a faculdade. Nós vamos compartilhar a nossa energia com a população de Lençóis”, complementa o engenheiro eletricista André Coneglian.
A empresa já atendia o mercado com a instalação de placas para captação de energia, tanto em residências como em indústrias e estabelecimentos comerciais. Agora, amparados pela Lei 482/12 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que autoriza a produção de eletricidade a partir de fontes renováveis, conectando o sistema à rede elétrica, iniciou o processo de implantação de uma usina para que a energia possa ser vendida à população. A diferença é que a energia solar passará a ser distribuída, assim como a acontece com a energia elétrica, utilizando a mesma rede de transmissão. 
O engenheiro eletricista Gabriel Paulo Bodo destaca que a energia solar é a mais limpa das fontes renováveis. “Não gera resíduos, não faz barulho (ao contrário da energia eólica que causa ruído), e tem grande vida útil, é mais barata que a energia elétrica e, o mais importante, não agride ou modifica a natureza”, define. (Jornal O Eco - Lençóis Paulista)
 
 

Últimas Notícias : Pages : FM Integração

Thumbnail Uma aposta de Peruíbe (SP) acertou as seis dezenas do concurso 1.941 da Mega-Sena e levou o prêmio de R$ 26.572.503,56. O sorteio foi realizado na noite desta quarta-feira (21) em Campina Grande (PB). Veja as dezenas sorteadas: 01 – 09 – 24 – 38 – 48 – 49. A quina...