O Segundo deputado federal mais votado de São Paulo nesta eleição, o Palhaço Tiririca (PR-SP) agradeceu no Twitter a expressiva votação alcançada no estado e disse que neste ano “fez valer o voto consciente” dos eleitores, deixando de lado a voto de protesto que representou em 2010.

Autor de peças publicitárias que marcaram hilariamente o horário eleitoral deste ano, Tiririca obteve 1,016 milhão de votos neste pleito, sendo superado apenas por Celso Russomano (PRB-SP) que obteve 1,5 milhão de votos. 

Russomano superou inclusive a marca do palhaço em 2010, que foi de 1,3 milhão de votos naquele pleito.

No Twitter e no Facebook, Tiririca agradeceu os eleitores e disse que fez valer o voto nos últimos quatro anos de mandato parlamentar:

“Em 2010 ganhei por voto de protesto e 2014 por voto consciente. O povo votou porque eu fiz valer o voto! Mostrei o que um deputado faz! Obrigado meus povos e minhas póvas, chegamos lá com a ajuda de todos ocês! Fica aqui os meus mais sinceros agradecimentos a todos que acreditaram nesse abestado aqui e depositaram seus votos nas urnas! Ocês são todos muitoooo, muitoooo lindos!”, declarou Tiririca

Com a votação expressiva, Tiririca ajudou a puxar outros deputados do PR paulista: Entre eles o Capitão Augusto (que teve apenas 46.905 votos).

Os Deputados estão na lista dos deputados menos votados que foram eleitos em São Paulo, puxados justamente pelo quociente eleitoral tão nocivo à prática política atual.

O Capitão Augusto Rosa é presidente-fundador do chamado Partido Militar Brasileiro (PMB), que pretende se formar no Brasil com integrantes defendendo a pena de morte, o uso da força policial e redução da maioridade penal. O partido defende a privatização dos presídios brasileiros e o afrouxamento das leis de posse de arma para os que eles chamam de “cidadãos de bem”.

A sigla ainda não existe, mas o tal PMB também é contra a Comissão Nacional da Verdade – que investiga crimes da Ditadura Militar – e a favor do pagamento de indenização para militares perseguidos pelo que alguns dos membros chamam de “terroristas”.

Em postagem do Twitter em 29 de setembro, Tiririca declarou voto esse ano em Dilma Rousseff (PT), que é ex-presa política e, portanto, alvo das críticas do tal PMB.

"Esse debate só fez fortalecer minhas ideias! Criticam o governo mais vai manter os mesmos programa!! (sic) Vão manter o Bolsa Família, Fiéis, cotas, entre outros… se vão manter então prefeiro continuar com Dilma!!! Pois essa fala e faz! (sic)", disse o deputado federal. 

Já o representante do Partido Militar Brasileiro, que o palhaço-deputado ajudou a eleger, usa o espaço do Facebook para espalhar correntes  contra o Partido dos Trabalhadores e a candidata escolhida por Tiririca.

Retrato exato das contradições do nosso sistema político… (Terra)

Últimas Notícias : Pages : FM Integração

Sábado 23 Outubro 2021 Notícias
A Unesp está com inscrições abertas para concursos de empregos públicos técnico-administrativos em diversas unidades universitárias. São, ao todo, 30 vagas, em 24 editais. As inscrições se iniciaram...
Sábado 23 Outubro 2021 Notícias
A Guarda Municipal de Botucatu prendeu no início da noite desta sexta-feira, 22, um homem que danificou objetos do Terminal Rodoviário da cidade. A equipe GEPOM foi solicitada através do 199, já que...
Quinta 21 Outubro 2021 Notícias
Um homem, não identificado, mostrou seu órgão genital para uma adolescente em Jaú. O caso aconteceu na tarde da última segunda-feira (18) por volta das 17h. A menina, que retornava para a casa, foi...