Entre os que se elegeram para a Câmara dos Deputados, Ricardo Izar (PSD) aparece como primeiro no levantamento realizado por VEJA SÃO PAULO. Ele declarou ter mais de 4 milhões de reais em bens. Chama a atenção em sua lista entregue ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) os 800 mil reais guardados em um cofre.

 

Ricardo Izar: patrimônio de mais de 4 milhões de reais
Ricardo Izar: patrimônio de mais de 4 milhões de reais (Foto: Reprodução)

Celso Russomanno (PRB), deputado mais votado do país, com 1,5 milhão de votos, informou ter 1,7 milhão de reais de patrimônio. O ex-presidente do Corinthians Andres Sanchez (PT), afilhado político de Lula, também tem bens na casa de 1,7 milhão de reais.

Já entre aqueles que conquistaram uma vaga na Assembleia Legislativa de São Paulo, Edson Ferrarini (PTB) declarou ter 7,1 milhões de reais de patrimônio. Na relação, aparecem doze imóveis (residenciais e comerciais) e oito automóveis, entre eles uma Pajero e uma Kombi.

No total, o estado de São Paulo elegeu setenta deputados federais e 94 estaduais.

Confira os milionários da capital e da Grande São Paulo:

Deputados federais

Ricardo Izar (PSD) -R$ 4.433.570,54

Jorge Tadeu (DEM) -R$ 3.891.499,86

Rodrigo Garcia (DEM) -R$ 3.695.834,69

Mara Gabrilli (PSDB) -R$ 3.556.883,21

Arnaldo Faria de Sá (PTB) -R$ 3.449.427,96

Ricardo Tripoli (PSDB) -R$ 3.243.954,40

Eli Corrêa Filho (PSDB) - R$ 2.319.495,08

Antonio Bulhoes (PRB) -R$ 2.162.559,44

Vicente Candido (PT) -R$ 2.129.943,98

Celso Russomano (PRB) -R$ 1.748.539,86

José Mentor (PT) -R$ 1.736.795,07

Andres Sanchez (PT) -R$ 1.725.209,67

Gilberto Nascimento (PSC) -R$ 1.267.903,52

Deputados estaduais

Coronel Edson Ferrarini (PTB) -R$ 7.155.156,43

Fernando Capez (PSDB) -R$ 4.960.727,40

Jooji Hato (PMDB) -R$ 2.907.841,21

Roberto Tripoli (PV) - R$ 2.747.611,00

Milton Leite Filho (DEM) - R$ 2.475.054,68

Roberto Engler (PSDB) - R$ 2.238.355,80

Orlando Morando (PSDB) - R$ 2.095.457,50

Coronel Telhada (PSDB) - R$ 2.045.948,25

Jorge Luís Caruso (PMDB) - R$ 1.791.694,27

Enio Tatto (PT) - R$ 1.520.289,30

Carlos Neder (PT) -R$ 1.235.104,21

Celso Giglio (PSDB) - R$ 1.209.665,18

(Veja)