A Globo divulgou erroneamente a pesquisa de intenção de votos para presidente da República no Jornal da Globo da madrugada desta terça-feira (21). No levantamento do Datafolha, encomendado pela emissora e pelo jornal Folha de S.Paulo, o total dos votos válidos de Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) na região Sudeste soma 102% (a porcentagem correta deveria ser 100%). A rede se equivocou e deu dois pontos percentuais a mais para a candidata petista.

No telejornal, o jornalista Heraldo Pereira exibiu em um telão as intenções de voto de cada candidato por região. No Sudeste, Dilma Rousseff apareceu com 46%, contra 56% de Aécio Neves, totalizando 102%. A soma, entretanto, não pode ultrapassar 100%. A pesquisa real mostra a petista com 44%. A porcentagem do candidato tucano está correta.

O erro na soma da pesquisa passou despercebido por Heraldo Pereira e pelos apresentadores do Jornal da Globo, Christiane Pelajo e William Waack. Nas outras regiões, as porcentagens foram divulgadas corretamente.

A pesquisa foi realizada pelo instituto Datafolha, que ouviu 4.389 eleitores na última segunda-feira (20). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-01140/2014.

(Uol)

Últimas Notícias : Pages : FM Integração

Sábado 23 Outubro 2021 Notícias
A Unesp está com inscrições abertas para concursos de empregos públicos técnico-administrativos em diversas unidades universitárias. São, ao todo, 30 vagas, em 24 editais. As inscrições se iniciaram...
Sábado 23 Outubro 2021 Notícias
A Guarda Municipal de Botucatu prendeu no início da noite desta sexta-feira, 22, um homem que danificou objetos do Terminal Rodoviário da cidade. A equipe GEPOM foi solicitada através do 199, já que...
Quinta 21 Outubro 2021 Notícias
Um homem, não identificado, mostrou seu órgão genital para uma adolescente em Jaú. O caso aconteceu na tarde da última segunda-feira (18) por volta das 17h. A menina, que retornava para a casa, foi...