O ex-prefeito de Botucatu Antonio Mário Ielo pediu desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT) ontem. Ele se elegeu pelo partido entre os anos de 2000 e 2005 e se reelegeu em 2005 com cerca de 70% dos votos válidos, mas em 2012 tentou voltar à prefeitura, no entanto, foi derrotado no pleito municipal pelo atual prefeito João Cury (PSDB).

A desfiliação ocorre em um momento que o partido está desgastado com as denúncias de partidários envolvidos no caso da Lava Jato.

Atualmente, a esposa dele, Rosa Ielo, é vereadora eleita pelo PT e deve continuar na legenda. Ielo tem planos de reativar uma comissão provisória do PDT na cidade. Antes ele se reuniu com o deputado Campos Machado, quando aventou-se a possibilidade de filiar-se ao PTB. Também houve conversação com o PSB. Ielo afirmou em entrevista à rádio Criativa de Botucatu que a escolha do PDT se deve a questões ideológicas. “Tenho uma afinidade com o PDT em sua ideologia. Não só nas questões do trabalhador, mas das políticas para mulheres, jovens e vem fazendo um trabalho no Ministério do Trabalho que se aproxima da nossa forma de trabalhar”, declarou à emissora.

O PDT foi o partido ligado ao ex-governador carioca Leonel Brisola. O JC ligou ontem para telefone celular de Ielo, mas até o fechamento desta edição ele não atendeu. Em fevereiro, o vereador Lelo Pagani saiu do PT e tem planos de fundar no município a Rede de Sustentabilidade.

Fonte:Jcnet



Últimas Notícias : Pages : FM Integração

Segunda 6 Dezembro 2021 Notícias
Uma batida entre dois veículos na madrugada deste domingo (5) terminou com um dos veículos capotando e atingindo a bomba de um posto de combustíveis na Avenida Investigador Lucídio Leite, no bairro...
Segunda 6 Dezembro 2021 Notícias
Um carro ficou totalmente destruído após o cilindro de gás natural veicular explodir enquanto era abastecido em um posto de combustíveis, na tarde deste domingo (5), em Sorocaba (SP). De acordo com...
Segunda 6 Dezembro 2021 Notícias
O policial de 47 anos relatou na elaboração da ocorrência do plantão policial que o motorista parou em uma das cabines para efetuar o pagamento, quando o PM se aproximou da cabine para determinar...