Em sessão Ordinária realizada ontem (23),que começou com atrasos as 20:32hrs e clima tenso,na câmara dos vereadores,entre outros projetos,foi colocado em votação o projeto de Lei 04/2016 do Vereador Benedito Gilmar dos Santos (Dito Doceiro PT), que propõe a redução do salário dos vereadores para R$ 1.000,00 (Mil Reais) e do Presidente da Câmara para R$ 1.500.00 (Mil e Quinhentos Reais)

Depois da leitura de vários e longos textos de solicitações,indicações e requerimentos “quase todos” vazios de conteúdos e quase que sem fundamentos básicos e necessários,depois também de um intervalo que durou aproximadamente vinte minutos, foi colocado em votação por volta das 22:10 hrs o Projeto de Lei 04/2016.

Antes do inicio da votação o Vereador Lucas Evandro Fiel Benedito (Lucão PSB) solicitou ao presidente da Câmara Pedro dos Santos (Pedrão PMDB), o uso da palavra. Solicitação concedida pelo presidente. O vereador Lucas Evandro Fiel Benedito propôs ao vereador que criou o Projeto Benedito Gilmar dos Santos que se caso o Projeto viesse a ser reprovado pela Câmara, que ele doasse o que exceder do seu salário para orgãos como APAE e ADEFIA, já que o criador do Projeto “acha que o salario é muito” termo usado pelo vereador Lucão, onde não obteve resposta. Lucão ainda argumentou esse projeto é "politicagem" não é um projeto que beneficia o povo, “o meu trabalho como vereador vale o que ganho”, disse ainda “não é justo nos ganharmos esse salário até agora e deixar um salario de R$ 1000.00 (Mil Reais)”para os próximos vereadores que virão e trabalharão para o povo,preciso desse salario para continuar ajudando aos que me procuram.

Palavra aceita por algumas pessoas da plateia com aplausos e rejeitada por outras com vaias,já que a plateia mostrou-se dividida. Dado o início da votação a cada voto contra e a cada voto a favor, havia manifestações da plateia que quase geraram tumultos. O clima que desde antes do inicio da sessão não parecia ser dos melhores entre os próprios vereadores ,ficou cada vez mais tenso a cada voto. Que resultou em um empate de quatro votos a favor do projeto e quatro votos contra. Havendo a necessidade de desempate pelo Presidente da Câmara Pedro dos Santos (Pedrão PMDB),que votou contra o Projeto.

Mantendo assim o salario dos vereadores e seu próprio salario.

Veja como ficou a votação:

José Luis da Rosa (Zecão PRB) Voto:A favor
Wanderley Pelissolli (Wanderley PSDB) Voto: A favor
Benedito Gilmar dos Santos (Dito Doceiro PT) Voto:A favor
Carlos Alberto Leite (Beto PV) Voto:A favor

Francisco José Saraiva (Ciço PTB) Voto:Contra
José Eduardo Bitu (Bitu PSDB) Voto:Contra
Lucas Evandro Fiel Benedito(Lucao PSB) Voto: Contra
Agnaldo Aparecido de Araújo (Bimbão PR) Voto: Contra

A votação terminou com um descontentamento e murmurações da plateia onde a grande maioria foi embora antes do termino da sessão.
Solicitando a Palavra o vereador Wanderley Pelissolli (Wanderley PSDB) disse:”Não precisamos do salario para fazer obra Social,isso é com a Assistência,oque faço é de coração”

O vereador José Eduardo Bitu (Bitu PSDB) solicitou o uso da palavra, concedida pelo presidente Pedro dos Santos (Pedrão PMDB), o vereador justificou o seu voto e fez diversas solicitações de respostas a soluções de diversos problemas que há na cidade.

Após o Vereador Bitu e o Vereador Carlos Alberto Leite (Beto PV), solicitou a palavra e fez também diversas solicitações ao Presidente e relatou assuntos relacionado ao legislativo.

Assim sucessivamente os nobres vereador Benedito Gilmar dos Santos (Dito Doceiro PT), agora tratando de outro assuntos onde o Projeto 04/2016 agora já parecia ter sido esquecido.

E assim tudo continua a ser como era antes...!!! (Texto: Rádio Lider FM - Areiópolis)



Últimas Notícias : Pages : FM Integração

Segunda 6 Dezembro 2021 Notícias
Uma batida entre dois veículos na madrugada deste domingo (5) terminou com um dos veículos capotando e atingindo a bomba de um posto de combustíveis na Avenida Investigador Lucídio Leite, no bairro...
Segunda 6 Dezembro 2021 Notícias
Um carro ficou totalmente destruído após o cilindro de gás natural veicular explodir enquanto era abastecido em um posto de combustíveis, na tarde deste domingo (5), em Sorocaba (SP). De acordo com...
Segunda 6 Dezembro 2021 Notícias
O policial de 47 anos relatou na elaboração da ocorrência do plantão policial que o motorista parou em uma das cabines para efetuar o pagamento, quando o PM se aproximou da cabine para determinar...