O sãomanuelense Junior Bassetto recebeu a vacina da Pfizer contra a Covid-19, na última quinta-feira (31). Natural de São Manuel, ele mora em Chicago há mais de quatro anos.

Junior está fazendo pós-doutorado na Universidade de Chicago e pelo fato de trabalhar em um departamento que interage com hospital, foi dada a oportunidade de tomar a vacina da Pfizer, seguindo as recomendações do CDC. "Tomei a primeira dose no dia 31/12 e agora dia 17/01 tomarei a segunda dose."

De lá dos Estados Unidos vê com preocupação a forma que a doença é tratada no Brasil. "A pandemia é muito triste. Nós vemos que muita gente morreu. Como essa doença infelizmente não tem um remédio específico e se transmite muito fácil, a única solução é a vacinação em massa da população pra podermos voltar a normalidade.

Portanto, eu acredito que só sairemos dessa situação se todos tomarem a vacina. Logicamente, desde que os órgãos competentes tenham atestado a eficácia e a segurança da vacina.

Não tive nenhum efeito colateral da vacina e espero que a vacinação comece o mais rápido aí no país, pois fico bastante preocupado com meus familiares que residem na cidade, especialmente os mais idosos," disse o brasileiro a nossa reportagem. (Rádio Integração)

Últimas Notícias : Pages : FM Integração