São Manuel foi rebaixado no Plano SP de flexibilização das atividades econômicas na quarentena do coronavírus. O anúncio que reclassificou a região do Departamento Regional de Saúde de Bauru na fase laranja foi feito durante a coletiva de imprensa do governo estadual nesta sexta-feira (15).

Com piora nos indicadores de Covid-19, a reclassificação do plano, prevista para ocorrer em 5 de fevereiro, foi antecipada para o início desta tarde.

A região do DRS de Bauru, a qual São Manuel está inserida, estava na fase amarela desde o dia 7 de agosto.

A fase laranja, segunda mais restritiva do Plano São Paulo, é considerada uma etapa de atenção, com eventuais liberações. Academias, comércio e serviços podem funcionar desde que respeitando os seguintes critérios, que também tiveram mudanças anunciadas na coletiva anterior do dia 8 de janeiro.

Duas cidades do centro-oeste paulista, Quatá e João Ramalho, pertencem ao DRS de Presidente Prudente, região que subiu da fase vermelha para fase laranja no dia 8 de janeiro permanece nessa classificação.

 

Mudanças do Plano SP

Na coletiva anterior, do dia 8 de janeiro, além reclassificação das regiões, foram anunciadas também mudanças nas regras da fase laranja e dos indicadores utilizados pelo governo. As taxas de casos a cada 100 mil habitantes passaram a fazer parte da avaliação.

Além disso, algumas atividades como salões de beleza, academias e parques, por exemplo, agora serão permitidas na fase laranja. O atendimento presencial em bares continua proibido

Fase laranja

  • Atividades serão permitidas em todos os setores. A exceção é o atendimento presencial de bares, que continua proibido.
  • Capacidade de ocupação: antes era de 20% e vai para 40% em todos os setores
  • Funcionamento máximo: ampliado de 4 para 8 horas por dia
  • Horário de fechamento: atendimento presencial só poderá ser feito até 20h
  • Parques estaduais: poderão abrir
(Informações G1)

 

 

Últimas Notícias : Pages : FM Integração