Um adolescente de 17 anos foi identificado nesta sexta-feira (19) como suspeito de aplicar golpes no programa de auxílio emergencial do governo do federal. Segundo a Polícia Civil, o jovem conseguiu desviar mais de R$ 37 mil, prejudicando cerca de 60 pessoas que tinham direito ao benefício.

Segundo informações do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Central de Polícia Judiciária de Bauru, o adolescente, que é morador de Bauru, aplicava o golpe usando programas maliciosos de computador, conhecidos como "robôs scripts".

Com esses programas, segundo a polícia, o jovem realizava fraudes no programa de auxilio emergencial fazendo o cadastro de cidadãos com direito ao benefício do governo federal e sacando os valores antes que o verdadeiro beneficiário conseguisse acessar o sistema.

Com mandado judicial, policiais civis realizaram buscas na residência do adolescente, onde conseguiram comprovar a fraude. Segundo a polícia, o jovem confessou o crime e deu os detalhes de como agia.

Segundo a polícia, o adolescente agia sozinho, mas integrava uma rede hakers que o ajudava na criação dos "robôs". No período de um mês, o jovem obteve quantia superior a R$ 37 mil. Com esse dinheiro, ele comprava celulares de alto padrão, equipamentos de informática, uma arma de air-soft, um drone, além de outros objetos que foram apreendidos.

A polícia também conseguiu bloquear a conta corrente utilizada pelo adolescente para a movimentação dos valores desviados. O jovem responderá pelo ato infracional de estelionato.

Últimas Notícias : Pages : FM Integração