A prefeitura de Jaú multou nesta segunda-feira (7) duas empresas do transporte coletivo urbano em R$ 5.818 mil por descumprimento de decreto criado na cidade para o enfrentamento à pandemia da Covid-19.

De acordo com a prefeitura, os fiscais constataram que as empresas estavam transitando com passageiros acima do permitido, que são apenas 25 pessoas sentadas. Ao todo, foram autuados quatro ônibus que operam nas linhas dos distritos de Potunduva e Vila Ribeiro.

Uma das empresas disse que está ciente da autuação, mas que não concorda com o que está estipulado, porque considera "impraticável economicamente" a norma do decreto e que está tentando se adequar aumentando os ônibus em circulação. E acrescenta ainda que busca conversar com a prefeitura para o aprimoramento do decreto.

Banco Mercantil

O banco Mercantil de Jaú, foi multado em quase R$ 60 mil reais nesta terça-feira (08). O Procon de Bauru em conjunto com a Prefeitura estiveram na agência fiscalizando a aglomeração e demora no atendimento na agência. A reincidência motivou o alto valor da multa. Mas não é só o Mercantil, outros bancos de Jaú também estão desrespeitando os usuários e a demora no atendimento é motivo de várias reclamações.

 

 

Últimas Notícias : Pages : FM Integração