A cantora Vanusa morreu hoje, aos 73 anos, na casa de repouso onde morava há mais de dois anos, em Santos, no litoral paulista. Segundo a família, ela sofreu uma insuficiência respiratória durante a madrugada e faleceu.

Vanusa teve uma carreira bem-sucedida e de respeito desde o início na Jovem Guarda, quando foi lançada por Eduardo Araújo, até a consagração como grande cantora romântica. Nos anos 1970, sua fase mais "experimental" e criativa, ela se embrenhou por vários estilos, até pelo rock pesado.

A saúde da artista se debilitou nos últimos anos, devido à depressão e a problemas causados pelo uso de medicamentos tarja preta em excesso, de acordo com a família. Um dos seus três filhos, Rafael Vannucci, diz que ela sofria também com um estágio avançado de uma demência semelhante ao mal de Alzheimer.

Vanusa chegou a ficar 32 dias internada recentemente por conta de uma pneumonia. Havia deixado o Complexo Hospitalar dos Estivadores há cerca de um mês.

A família disse em nota que Vanusa ontem "teve um dia muito feliz com a visita da Amanda, a filha mais velha. Cantou, brincou, riu, se alimentou bem".

 

Carreira de sucesso

Vanusa Santos Flores nasceu em Cruzeiro, interior de São Paulo, mas foi criada em Uberaba, Minas Gerais.

Foi lá que, aos 16 anos, iniciou sua carreira no grupo Golden Lions. Depois de percorrer diversas cidades, acabou levada para a TV Excelsior, estreando na televisão nos anos 1960.

Ela fez parte do humorístico Os Adoráveis Trapalhões. Em seguida, participou de algumas edições do programa Jovem Guarda, da Record.

Na década seguinte, Vanusa emplacou diversos sucessos musicais, como "Mudanças", "Sonhos de um Palhaço" e "Paralelas".

Conquistou o Brasil com "Manhãs de Setembro", de 1973, parceria com Mário Campanha. Lançada em plena ditadura, a letra, romântica à primeira vista, esconde um contumaz discurso político. "Fui eu que em primavera só não viu as flores", canta em referência a "Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores", de Geraldo Vandré.

No fim dos anos 1960, Vanusa começou a explorar outros ritmos, como o funk americano, que dá o tom em músicas do álbum "Vanusa" (1969), o samba ("Mercado Modelo", "Quebra Cabeça") e a valsa ("Quero Você"). A faixa "What to Do", de 1973, é um rock pesado cheio de dinâmica e energia.

Ela gravou 23 discos na carreira, superando a marca de três milhões de cópias vendidas. Representante do Brasil em vários festivais internacionais, ganhou diversos prêmios durante a carreira.

 

Internação

O estado de saúde de Vanusa piorou nos últimos meses. Ela foi hospitalizada em 8 de setembro no Complexo Hospital dos Servidores, em Santos, com problemas respiratórios e retenção de líquidos. Depois de quatro dias internada, ela foi transferida para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Diante de boatos sobre o estado físico na mãe, Vannucci pediu nas redes sociais mais "empatia neste momento, e não julgamentos".

A cantora recebeu alta após 32 dias e voltou à casa de repouso, onde veio a falecer. Além de Rafael e Amanda, deixa a filha Aretha

Fonte: Uol

Últimas Notícias : Pages : FM Integração