Um homem de 44 anos foi detido pela Guarda Civil Municipal (GCM), em Botucatu, depois de ser acusado de ter tentado forçar uma carona a mãe e filha no ponto de ônibus que fica em frente ao shopping da cidade.

Segundo a GCM, depois do caso ser registrado na noite de terça-feira (21) e divulgado nas redes sociais, na tarde desta quinta (23), os guardas civis municipais Trombaco, Alves e Dias do GAPE, que faziam patrulhamento na região da Vila São Benedito, acabaram se deparando com um veículo, que segundo consta em boletim de ocorrência, o condutor teria praticado importunação ofensiva ao pudor, sendo mãe e filha como vítimas. O caso foi apresentado junto ao Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) para apuração dos fatos.

O caso também foi informado pelo site Agência14News à polícia depois do desabafo de uma jovem de 21 anos que escreveu na sua rede social a seguinte mensagem avisando as mulheres:

"Pessoal, ontem (21/11) após sairmos do Shopping Botucatu, minha mãe e eu nos dirigimos para o ponto de ônibus, um carro branco agiu de forma meio esquisita, reduzindo a velocidade e parando um pouco antes do ponto, nós continuamos e paramos no ponto de ônibus, que estava vazio, uns momentos depois o carro se aproximou e parou na frente do ponto, e o motorista que parecia ter uns 50 anos começou a oferecer carona, nós ignoramos, ele insistiu, minha mãe falou não e pediu que ele fosse embora, mas ele continuou a abordagem, desta vez apontando para nós e fazendo gestos obscenos, eu peguei meu celular mostrei pra ele e falei que iria chamar a polícia, ele pareceu não ligar e continuou, eu então caminhei para trás do carro e tirei uma foto da placa e então liguei para a polícia, quando ele percebeu que eu não estava blefando foi embora. Não sei se a polícia fez alguma coisa, mas resolvi postar aqui para alertar, pois talvez seja frequente essa abordagem desse babaca nesse local, que é meio isolado, e que fiquem atentos se virem por aí um Gol Branco agindo de forma incomum.  Tivemos sorte dele não ter tentado nada além, mas quem sabe o que teria acontecido se fosse sozinha ou se ele tivesse abordado uma criança".

Depois do homem ser detido pela polícia, a vítima se manifestou e escreveu:

"Quero agradecer todos que compartilharam, apoiaram e ajudaram essa informação chegar a pessoas competentes.

Fizemos o Boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher, e já fui informada pela guarda municipal que o indivíduo foi identificado e foi encaminhado para a delegacia. Também fui informada que a ronda na região do shopping foi intensificada para que isso não ocorra mais.

Agradeço a todos que entraram em contato para ajudar, ao pessoal da guarda municipal que entrou em contato comigo e também ao pessoal da delegacia da mulher que nos deu total apoio e amparo. Espero que situações como essa diminuam, e que menos mulheres tenham que passar por situações como essa".

O suspeito estava prestando depoimento à delegada e deve responder ao caso em liberdade.

(do Agência14News com GCM)

 

 

Últimas Notícias : Pages : FM Integração