Um homem de 34 anos é suspeito de matar a tiros a ex-mulher, de 27, e a mãe dela, de 44 em Sabino (SP). O crime aconteceu na madrugada deste sábado (7), véspera do Dia Internacional da Mulher.

Segundo registro da Polícia Civil, o suspeito, Washington Luís Mello parou o caminhão da empresa que trabalha em frente ao endereço da ex-mulher, Débora Cristina Pavanelli Mazo, arrombou a porta e invadiu a casa.

O padrasto de Débora estava dormindo junto com a esposa, Lucia Aparecida Pavanelli Piona, e o filho mais novo quando do quarto ouviu o grito da enteada. Lucia pediu para o marido acionar a polícia e tentou socorrer a filha, mas acabou baleada na cabeça.

A jovem tentou fugir do ex-marido, mas também foi atingida na cabeça. Lucia morreu no local. Já a filha dela foi socorrida para a Santa Casa de Lins, mas morreu ainda na madrugada.

O suspeito fugiu a pé após o crime e ainda não foi localizado. No caminhão foi encontrado um celular que foi apreendido pela polícia. O boletim de ocorrência foi registrado como feminicídio.

Fonte: G1 Bauru e Marília.

Últimas Notícias : Pages : FM Integração

Thumbnail Na parte da manhã desta segunda-feira, as ações da Embraer (SA:EMBR3) operavam com valorização na B3, acima dos ganhos do Ibovespa hoje. A companhia reportou prejuízo de R$ 433,6 milhões no primeiro trimestre, com queda de vendas em razão da pandemia do novo...