Na manhã desta  quarta-feira(26), a Policia Civil de Dourado cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do casal suspeito de envolvimento no caso de uma bebê de 1 ano e dois meses, vítima de violência sexual, segundo laudo expedido pelo Instituto Médico Legal (IML) de São Carlos.

O caso foi registrado na cidade de São Carlos no último dia 11 e remetido para a delegacia de Dourado  sob os cuidados do delegado titular Reinaldo Lopes Machado que preside o Inquérito Policial. Foram ouvidas várias testemunhas.

Lopes Machado solicitou à justiça da comarca de Ribeirão Bonito a prisão temporária do casal por 30 dias, por se tratar de crime hediondo, sendo concedida pelo juiz Victor Trevizan Cove. O casal já se encontra detido.  De acordo com o delegado, foram apreendidos alguns CDs e pen drive na residência durante diligência. O casal está sendo assistido por seus advogados, onde serão observados todos os direitos à defesa.

O homem, marido da babá, é enteado de uma vereadora da cidade.

O caso

Segundo apurado, o caso teria ocorrido na terça-feira, 11. A menina teria passado o dia na casa de uma babá e, no final da tarde, o pai foi buscá-la e avisou a mãe, que a filha estava chorosa, com dores na barriga. O bebê levado ao Pronto Socorro da cidade e os médicos notaram vermelhidão nas partes íntimas. Posteriormente foi encaminhada para a Santa Casa de São Carlos, onde foram constatadas lesões.

A criança chegou a ser internada por uns dias e tomou vários medicamentos. Segundo o delegado, para prevenir possíveis doenças, uma vez não sabe-se ao certo o que poderia ter sido penetrado no órgão genital da pequena vítima. (São Carlos Agora/Foto: Ilustrativa)

Últimas Notícias : Pages : FM Integração