Uma jovem de 24 anos foi morta a facadas em frente ao condomínio em que morava, no Jardim Ouro Verde, em Bauru. A vítima, a operadora de telemarketing Bruna Giovana da Silva, foi atingida por golpes nas costas, peito, pescoço, cabeça e mãos, segundo informações prestadas pela equipe do Samu, que atestou o óbito no local.

O crime foi registrado por volta das 13h30, na quadra 38 da avenida Castelo Branco. De acordo com a delegada Priscila Bianchini de Assunção Alferes, o caso está sendo investigado como feminicídio, já que o principal suspeito do crime é o ex-companheiro de Bruna, que foi visto por testemunhas no condomínio residencial onde a vítima vivia.

Ele teria aguardado a ida dela até a portaria e, quando a operadora de telemarketing virou de costas para deixar o local, foi golpeada por diversas vezes. Ainda de acordo com o relato de testemunhas, o ex-casal vinha tendo desentendimentos há algum tempo, inclusive por discordâncias relacionadas à pensão alimentícia do filho de 4 anos.

Até o fechamento desta edição, o suspeito não havia sido localizado. O corpo de Bruna foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Bauru. (JC Net)

Últimas Notícias : Pages : FM Integração