19 anos
a Primeira da cidade

19 anos
a Primeira da cidade

FB_IMG_1709327504059

Com mais de 900 casos confirmados de Dengue, município decreta situação de emergência em saúde

O município de São Manuel já confirmou mais de 900 casos confirmados de Dengue, a situação preocupa as autoridades de saúde. A informação é da Diretoria Municipal de Saúde.

A Diretoria Municipal de Saúde divulgou na tarde desta sexta-feira (01), através da equipe de Controle de Zoonoses, mais um boletim epidemiológico sobre os casos de Dengue no Município, com um total de 923 casos positivos de Dengue em 2024.

Dos casos positivos, 900 são autóctones (originários da região) e 23 importados. Além disso, foram registrados 391 casos que foram testados e apresentaram resultados negativos. Ainda, 99 casos aguardam resultados dos exames.

O bairro com maior incidência é a Vila São Geraldo com 305 casos positivos (sendo 303 autóctones e 2 importados), seguido pelo bairro Santa Mônica com 184 casos, Vila Rica com 96 casos, Centro com 37 casos, Cohab I com 34 casos, Cohab III com 31 casos e CDHU III (José Maria Zanotel) com 26 casos, todos esses autóctones.

No último dia 29 de fevereiro devido ao aumento exponencial de casos no Município aliada a dificuldade de adentrar nas residências, bem como a sazonalidade atual, caracterizadas por elevação das temperaturas médias ambientais e dos índices pluviométricos; que configuram condições propicias para a reprodução do mosquito, caracterizando o “estado de pandemia”, o prefeito Ricardo Salaro, através do Decreto nº 4153, declarou situação de Emergência em Saúde Pública e definiu ações para o controle de propagação do vetor Aedes aegypti, bem como a prevenção de arboviroses, em especial a Dengue, a Chikungunya e a Zica.

Com o Decreto, foram adotadas medidas rígidas para o controle e propagação da Dengue no Município e, para o seu enfrentamento, foram autorizadas:
1) intensificação de ações de combate e controle;
2) dispensa de licitação para aquisição de bens e serviços;
3) convocação de servidores das Unidades de Saúde e demais Diretorias Municipais, para constituição de força-tarefa;
4) ampliação da carga horária dos agentes fiscalizadores e servidores da área da Saúde;
5) suspensão de férias, licenças-prêmios e faltas abonadas dos servidores da Saúde.
6) autorização para o ingresso forçado em imóveis particulares, independente da prévia autorização dos proprietários, por agentes da fiscalização, onde houver a incidência de larvas ou focos de infestação, dentre outras.

MUTIRÃO
A equipe da vigilância epidemiológica municipal está aderindo às diretrizes estabelecidas pelo protocolo da vigilância estadual. Isso envolve a realização de visitas às residências afetadas, aplicação de nebulizações quando necessário, especialmente em ações de bloqueio nos casos positivos, promoção de atividades educativas em escolas, residências e outros espaços, controle de criadouros do mosquito transmissor, avaliação da densidade larvária e notificação de casos.

A Prefeitura Municipal de São Manuel, por meio das Diretorias de Gestão e Serviços, Meio Ambiente e Saúde, com o Setor de Combate às Endemias, está realizando um grande mutirão de limpeza para prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika vírus.

O trabalho, iniciado na Vila Rica, percorrerá toda a cidade e, além das limpezas, também prevê ações orientativas de prevenção, realizadas pelos Agentes de Combate, visando envolver, mobilizar e engajar a população na luta contra o Aedes aegypti.

A ação objetiva recolher materiais inservíveis acumulados nos quintais das casas e terrenos baldios, como entulhos, materiais descartáveis, móveis e pneus, que podem servir como possível criadouro para o mosquito.

É importante que a população mantenha sempre suas casas e quintais limpos, evitando o acúmulo de água. Manter a cidade limpa e sem criadouro do mosquito é um dever de todos.

plugins premium WordPress