19 anos
a Primeira da cidade

19 anos
a Primeira da cidade

14news.com.br-policia-civil-identifica-motorista-que-fugiu-apos-acidente-que-matou-2-pessoas-na-castello-em-itatinga-img-20240201-wa0080-1

Polícia Civil identifica motorista que fugiu após acidente que matou 2 pessoas na Castello, em Itatinga

A Polícia Civil de Itatinga concluiu na manhã desta quinta feira, 01/02/2024, os trabalhos investigativos relativos ao acidente ocorrido na manhã do dia 30/01/2024. Na ocasião, um veículo Jaguar F Pace, colidiu violentamente na traseira de um veículo Corsa, que também trafegava pelo km 213, sentido capital, na Rodovia Presidente Castello Branco, em Itatinga.

Nesse acidente morreram Maria Regina Ferreira dos Santos, de 59 anos e Eliezer Gomes, de 25 anos. Outras duas pessoas da mesma família também se feriram.

“Aproveitando que as equipes de resgate estavam empenhadas no resgate das vítimas, o condutor do veículo Jaguar, fugiu do local do acidente e apesar dos esforços das equipes do policiamento rodoviário e dos Policiais Civis do Grupo de Investigação em Área Rural Giar II, o condutor não foi localizado durante as buscas pela região”, informou a delegacia.

Relatam ainda os investigadores que “de posse das informações constantes do boletim de ocorrência, os policiais civis do Setor de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia de Itatinga passaram a diligenciar visando a identificação do motorista do veículo causador do acidente que fugiu do local sem prestar socorro às vítimas ou prestar esclarecimentos aos policiais rodoviários sobre o acidente”.

Em buscas no veículo Jaguar apreendido, os policiais civis localizaram um recibo de abastecimento que foi fundamental para a identificação do motorista do veículo, já que o mesmo não estava no nome do condutor.

Após a identificação do condutor do Jaguar, um homem de 64 anos, residente na cidade de São Paulo, o advogado do investigado compareceu à Delegacia de Polícia de Itatinga para se informar sobre o andamento das investigações, no entanto, até o final do dia, não apresentou seu cliente à autoridade policial. Ele não é habilitado.

“Após a conclusão dos trabalhos investigativos, os policiais civis elaboraram um minucioso relatório de investigação que não deixa dúvidas quanto à identidade do condutor, relatório este, que será analisado pela autoridade policial, que adotará as demais medidas de Polícia Judiciária, visando a responsabilização do autor pela justiça”, informou a Polícia Civil de Itatinga.

Fonte: 14 News

plugins premium WordPress