19 anos
a Primeira da cidade

19 anos
a Primeira da cidade

Capturar

Polícia prende vizinha suspeita de matar idoso com golpes de tijolo em Bauru

A polícia prendeu nesta segunda-feira (7) uma mulher suspeita de ter matado um idoso em Bauru (SP). O corpo da vítima foi encontrado por vizinhos em 12 de outubro.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Cledson Nascimento, o idoso, José Carlos de Almeida, de 63 anos, foi morto com golpes de tijolo dentro da própria casa, no bairro Santa Edwiges.

De acordo com exame perinecroscópico, havia sangue por toda a parte do cômodo onde o idoso foi encontrado. Ao lado da cabeça da vítima, a polícia encontrou um tijolo com manchas de sangue e uma parte danificada.

Também foi localizado um cofrinho, do tipo de louça, quebrado, sobre a cama do homem. A carteira dele foi encontrada revirada, dentro do guarda-roupas.

Durante as investigações, vizinhos do idoso informaram que duas mulheres, mãe e filha, residiam em um imóvel nos fundos e ao lado da casa da vítima. Uma delas, suspeita do crime, havia saído de casa no dia 8 de outubro, por meio de uma viagem compartilhada de aplicativo. Ela teria levado consigo uma televisão e um micro-ondas.

No dia seguinte, em 9 de outubro, um caminhão de mudança esteve na casa das duas mulheres e prestou o serviço de transporte. Uma delas deixou as chaves do imóvel com uma vizinha, alegando que José, a vítima, havia viajado.

Em contato com a filha da vítima, a polícia descobriu que uma televisão e um micro-ondas do idoso haviam sido furtados após o homicídio, os mesmos utensílios levados pela suspeita três dias antes do corpo do homem ser encontrado, segundo os vizinhos. A filha ainda deu falta de um celular e dois cartões bancários do pai.

A suspeita, de 37 anos, foi localizada nesta segunda, em uma kitnet no mesmo bairro onde o crime ocorreu. Conduzida à delegacia, ela confessou as agressões que resultaram na morte do idoso.

Durante o interrogatório, a mulher alegou que os fatos ocorreram durante um desentendimento, após uma investida frustrada da vítima para um ato sexual. Ela também disse que furtou os bens depois de matar o idoso, pois pretendia vendê-los para dar entrada em uma nova moradia.

A suspeita foi presa temporariamente e encaminhada para a Cadeia Pública de Avaí (SP).

 

Fonte: G1 (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

plugins premium WordPress