20 anos

a primeira da cidade

centro-paraquedismo-boituva-141023

Após morte de empresário, centro suspende saltos para paraquedistas sem experiência em Boituva

O Centro Nacional de Paraquedismo suspendeu os saltos para paraquedistas sem experiência em Boituva, no interior de São Paulo, neste sábado (13), por conta das condições meteorológicas na região. A informação foi confirmada pela prefeitura. A decisão foi tomada três dias após a morte do empresário de 49 anos Humberto Siqueira Nogueira, de Goiânia (GO).

Segundo a prefeitura, só estão permitidos saltos para paraquedistas da categoria D, que contempla atletas que já realizaram mais de 500 saltos e têm uma experiência significativa no esporte. O restante da programação continua normalmente no local.

Conforme um alerta divulgado pela Defesa Civil, há previsão de chuvas fortes para o interior de São Paulo neste sábado.

Morte do paraquedista

Paraquedista morre em Boituva, no interior de São Paulo (Foto: Reprodução/Instagram)

Humberto Siqueira Nogueira morreu na quarta-feira (11), durante um salto de paraquedas. Ele colidiu fortemente com o solo durante a aproximação de pouso.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, Humberto foi levado para um hospital da cidade com parada cardiorrespiratória e não resistiu.

O paraquedista não usava câmera de filmagem junto ao corpo no momento da queda. As imagens das câmeras de segurança do Centro Nacional de Paraquedismo serão analisadas.

O empresário tinha experiência em esportes radicais com grupos de paraquedistas no interior de São Paulo. Humberto deixou a mulher e três filhos.

O empresário falava nas redes sociais sobre a vida ser muito curta. Na biografia do Instagram, o paraquedista expôs a frase “life’s too short so live it to the fullest”, que, traduzida, diz: “a vida é muito curta, então viva ao máximo”.

Quem acessava as redes sociais do empresário conseguia ver a paixão pelos esportes radicais que ele praticava, como skydiver, snowboard, kitesurf, wakeboard e mountain bike.

Humberto Nogueira, paraquedista goiano morto em acidente com paraquedas (Foto: Reprodução/Redes sociais)

 

Fonte: G1

plugins premium WordPress