20 anos

a primeira da cidade

MP

Casal é denunciado pela morte do filho adotivo de 7 anos em Guararema

O promotor de Justiça Bruno Arneiro Soares, que atua em Guararema, apresentou uma denúncia nesta segunda-feira (17) contra um casal pela morte do filho adotivo de 7 anos de idade.

Segundo informações da Promotoria, no dia 22 de junho, o menino foi brutalmente espancado pelo pai adotivo após ter comido carne de frango sem permissão. A denúncia aponta que a mãe adotiva, que é professora da rede municipal de ensino, consentiu com as agressões e tentou ocultar as causas das lesões apresentadas pela criança.

Testemunhas relataram que a vítima do homicídio e outros filhos adotivos do casal eram frequentemente alvo de castigos físicos, apresentando marcas de agressões anteriores, como escoriações e cicatrizes.

Fonte: JCNet

plugins premium WordPress