19 anos
a Primeira da cidade

19 anos
a Primeira da cidade

5

Polícia Civil encerra Operação Bonde do Arrastão com sete prisões em Ribeirão Preto

A Polícia Civil de Ribeirão Preto (SP) encerrou nesta quarta-feira (21) a operação Bonde do Arrastão com um total de sete pessoas detidas. Na última fase, denominada Apogeu, um suspeito de participar de um roubo que aconteceu no dia 15 de fevereiro, no Bar dos Amigos, no bairro Campos Elíseos, também foi preso.

De acordo com o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), responsável pela operação, Cézar Augusto de França, o suspeito foi preso no na casa da companheira dele, no bairro Ipiranga.

“Esse homem que foi preso hoje terá prisão temporária decretada por 30 dias e recolhido á cadeia pública de Santa Rosa de Viterbo. Em seguida, ele será submetido ao reconhecimento pessoal por algumas vítimas e será feito o pedido de prisão preventiva dele para a justiça”, esclarece o delegado.

Saldo Operação Bonde do Arrastão

  • 23 mandados de busca e apreensão
  • 11 pedidos de prisão temporária
  • 7 presos
  • 4 foragidos da justiça
  • 4 adolescentes custodiados

De acordo com o delegado, no dia 15 de fevereiro o suspeito chegou ao bar de carro, acompanhado por um outro homem. Durante o roubo houve uma briga e um dos clientes acabou ferido por um disparo efetuado por um dos ladrões.

Eles fugiram no carro de um cliente. O veículo foi abandonado em uma favela na região do Centro de Controle de Zoonoses.

“Esse homem que foi preso esqueceu a carteira com os documentos no carro que ele usou para chegar ao bar. Com o uso da tecnologia conseguimos chegar até ele”, conta o delegado.

Os dois suspeitos irão responder por tentativa de latrocínio. Em um prazo de 30 dias o delegado deve finalizar esse inquérito.

Os crimes

O grupo criminoso começou a agir em Ribeirão Preto em março deste ano, quando roubou um HB20 preto de uma mulher no bairro Ana Maria, na zona Sul da cidade. Eles clonaram a placa e passaram a utilizar o veículo para os crimes seguintes.

No dia 12 de junho a polícia civil prendeu o suposto chefe da quadrilha formada por adolescentes que fazia assaltos em residências de Ribeirão Preto (SP). Considerado, até então, foragido da Justiça, o jovem de 19 anos, que não teve a identidade revelada, se entregou na Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Ele era procurado pela polícia desde a primeira fase da operação Bonde do Arrastão.

Fonte: G1 (Foto: CBN)

plugins premium WordPress