20 anos

a primeira da cidade

6

Suspeita de vender fotos da filha tem prisão convertida em preventiva em GO

A mulher presa na última quinta-feira por suspeita de vender fotos pornográficas da filha de 8 anos teve a prisão mantida pela Justiça.

O que aconteceu:

A Justiça converteu a prisão da mulher de 29 anos em preventiva nesta segunda-feira (25). Ela está detida em Águas Lindas de Goiás (GO).

A criança de 8 anos está sob os cuidados do pai agora, informou a delegada Tamires Teixeira, da Polícia Civil.

A mulher foi presa suspeita de vender pornografia infantil. Ela não teve a identidade divulgada para preservação da identidade da filha e, por isso, não foi possível entrar em contato com a defesa dela.

O caso

A mãe buscou a delegacia para denunciar um suposto agiota na quinta-feira (21). Ela disse que viu um anúncio do homem em rede social, o procurou para fazer um empréstimo, mas passou a ser coagida a enviar fotos íntimas dela e da filha de 8 anos para o homem.

Os policiais desconfiaram da versão e pediram acesso ao celular da mulher. Ao verem as conversas, segundo a polícia, os agentes perceberam que a mulher tentou comercializar fotos da filha sem roupa.

“Esse suposto agiota ofereceu R$ 3 mil para que ela enviasse fotos da menina em determinadas posições sexuais previamente determinadas por ele. Isso durou por 3 dias. Quando ela percebeu que não receberia [o dinheiro], foi até a delegacia na tentativa de registrar a ocorrência como vítima, mas percebemos que ela era, na verdade, autora do crime.” – Delegada Tamires Teixeira, da Polícia Civil de Goiás

Fonte: Uol (Imagem: Google Street View/Reprodução)

plugins premium WordPress