19 anos
a Primeira da cidade

19 anos
a Primeira da cidade

9

Técnico de enfermagem preso por abusar de idosa em hospital se passou por ginecologista, diz polícia

O técnico de enfermagem preso por abusar sexualmente de uma idosa de 71 anos em um hospital público de Sorocaba (SP) se passou por ginecologista para atender a vítima. A informação foi confirmada pela Polícia Civil de Sorocaba (SP) na manhã desta quarta-feira (21) durante uma coletiva de imprensa. Debilitada, a vítima morreu dias depois.

A Polícia Civil não informou em qual hospital público de Sorocaba o crime ocorreu, mas explicou que o abuso sexual aconteceu em agosto de 2021.

Na época, a idosa revelou a situação para uma funcionária do hospital, explicando que o homem, de 48 anos, se passou por ginecologista e que ela precisaria passar por exames ginecológicos.

A idosa estava internada na enfermaria individual do hospital, sem acompanhante, para se recuperar de uma cirurgia no coração.

Ainda segundo o relato da vítima, o homem teria dado medicamentos para ela. A idosa também contou que, após tomar a medicação, ficou com a vista embaçada e sonolenta.

Quando voltou a ficar consciente, ela foi informada por outros funcionários de que não havia atendimento ginecológico naquela unidade e descobriu que foi enganada.

De acordo com a polícia, a filha da idosa soube do caso pela própria mãe quando a visitou no hospital. A mulher passou por exame de corpo de delito, que constatou o abuso.

Na época, a vítima identificou o suspeito, funcionário do hospital, pelas características físicas dele. A idosa recebeu alta médica dias depois, mas precisou ser internada novamente e morreu no dia 6 de setembro de 2021.

Em entrevista, a delegada Alessandra Reis dos Santos , da Delegacia da Mulher de Sorocaba, informou que o homem responde pelo crime de estupro de vulnerável. “A pena é de 8 a 15 anos de prisão” informou.

Ainda segundo à delegada, ele nega que tenha cometido o crime. Durante as investigações, o homem continuou trabalhando no hospital. Ele foi preso no dia 30 de maio deste ano. A prisão temporária dele foi convertida em preventiva.

Fonte: G1 (Delegados José Humberto Urban e Alessandra Reis dos Santos esclarecem investigação de abuso sexual contra idosa que ocorreu em hospital de Sorocaba — Foto: Edilson Junior/TV Tem)

plugins premium WordPress